Economia

Comércio inspecciona os estabelecimentos

A Direcção Municipal do Comércio do Kilamba Kiaxi, desenvolve, desde Setembro, um trabalho de levantamento da rede comercial da circunscrição, com objectivo aferir a legalidade de cada estabelecimento.

Distrito do Nova Vida
Fotografia: DR

De acordo o responsável da Repartição de Inspecção do Comércio do Kilamba Kiaxi, Luciano José Congo, a actividade, que começou no distrito do Nova Vida, visa também conferir o número de estabelecimentos e o tipo de actividades que exercem. Neste momento, informou, os técnicos da Direcção do Comércio estão a trabalhar no distrito da Sapu para, depois, atacarem o Palanca e o Golfe.
Disse que os técnicos têm encontrado muitas dificuldades neste trabalho porque muitos comerciantes fecham os estabelecimentos quando se apercebem da presença dos funcionários.
Esclareceu que o trabalho visa também sensibilizar e mobilizar os comerciantes para a necessidade de se legalizarem, mas que depois a direcção vai passar para uma fase coerciva.
No distrito do Nova Vida foram registados 422 estabelecimentos comerciais, dos quais 10 grande superfícies e 49 a exercem a actividade de forma ilegal, principalmente os cantineiros.

Tempo

Multimédia