Economia

Comércio lança plataforma para escoamento de produtos

Ana Paulo

O Ministério do Comércio lança, hoje, na primeira Expedição Multissectorial da Feira de Negócios dos Municípios de Luanda, uma plataforma digital, denominada “Digit Transporte”, que vai facilitar o escoamento dos produtos a nível nacional.

Fotografia: Edmundo Eucilio| Edições Novembro

Em declarações à imprensa, a administradora do evento, Lemilde Doutor, disse que, para o efeito, foi criado um link para as exportadoras nacionais e identificados três postos de armazenamento para produtos frescos e secos.
Os primeiros postos, referiu, estão localizados nos municípios de Belas, Cacuaco e Viana. No município de Belas, explicou Lemilde Doutor, o posto logístico ocupa uma área de mais de 30 mil metros quadrados e tem uma capacidade de albergar 25 naves para o armazenamento dos produtos.
A Exposição Multissectorial da Feira de Negócios decorre em simultâneo, entre hoje e domingo, com o I Fórum Empresarial dos Municípios de Luanda, num espaço de dois mil metros quadrados do Mercado Abastecedor do Benfica onde estão instalados 200 stands.
O porta-voz do certame, José Gourgel, informou que a feira, promovida pelo Ministério do Comércio e o Governo da Província de Luanda, de-corre até domingo, sob o lema “O desafio da Agro-logística no escoamento da produção nacional”.
José Gourgel declarou ex-pectativas de que a Feira possibilite o estabelecimento de negócios cifrados em 110 milhões de kwanzas entre os munícipes. “Vamos garantir aos empresários nacionais um espaço com nove metros quadrados por stand, os que serão entregues com mobiliário, banca e o logotipo da empresa”, indicou.
De acordo com o porta-voz, a exposição reflecte o engajamento do Executivo na promoção do potencial económico dos nove municípios, ao mesmo tempo que boas práticas de comércio, através da apresentação dos projectos desenvolvidos no sector.
Uma outra componente do certame visa mostrar aos produtores rurais a importância da capacitação pela aquisição de conhecimentos sobre o uso de soluções tecnológicas agrícolas utilizadas em vários países desenvolvidos, com a exposição de sistemas de armazenagem e comercialização de produtos alimentares. Os municípios de Viana, Quiçama, Cacuaco e Icolo e Bengo vão apresentar as suas agrícolas.

Tempo

Multimédia