Economia

Concessionária assina acordo com a Chevron

A Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANPG) e a subsidiária da Chevron em Angola, Cabinda Gulf Oil Company Limited (CABGOC) vão cooperar para desenvolver os blocos petrolíferos 0 e 14, de acordo com uma nota oficial citada ontem pela Lusa.

Fotografia: DR

Um comunicado da ANPG declara que a decisão é fruto da assinatura, ontem, em Luanda, de um protocolo de cooperação para o desenvolvimento de campos marginais no bloco 0 e para a fusão das áreas de desenvolvimento do bloco 14, ambos localizados no “offshore” da província de Cabinda.
Na nota é indicado que os campos marginais do bloco 0 contemplam as áreas de Lifua, 83N, Kambala e N’dola Sul, enquanto que o Bloco 14 inclui a área de Tômbua e de Lândana.
“Com a assinatura destes acordos, as partes comprometem-se a trabalhar em conjunto para acelerarem o desenvolvimento de novos recursos em ambos os blocos, com vista ao aumento da produção diária de barris de petróleo em cada um deles”, lê-se no documento.
Segundo o director-geral da Chevron em Angola, Derek Magness, citado no comunicado, a parceria “demonstra o interesse” da Chevron em “apoiar a estratégia” do Go-verno de aumentar a produção de hidrocarbonetos e do compromisso da petrolífera com Angola”.
Por seu lado, o presidente do Conselho de Administração da ANPG, Paulino Jerónimo, reforçou que o acordo “vai permitir cumprir dois objectivos” da agência, nomeadamente o desenvolvimento de campos marginais e a exploração de recursos adicionais em campos maduros.

Tempo

Multimédia