Economia

“Corredor do milho” vai entrar em obras

Arão Martins|Chicomba

As obras de reabilitação da estrada que liga  os municípios de Caconda, Chicomba e Quipungo, na província da Huíla, numa extensão de 146 quilómetros, têm início no primeiro semestre do próximo ano, anunciou, na sexta-feira, o governador provincial Luís Nunes.

Fotografia: DR

Num encontro com os membros do Conselho de Concertação Social de Chicomba, Luís Nunes, disse  que a empreitada está inscrita no programa de investimentos públicos para o próximo ano, que prevê, ainda a reabilitação de um troço de 50 quilómetros, entre a comuna do Cuvelai e a sede do municipal da Matala.
A reabilitação das  vias é vista pelas autoridades da Huíla como crucial para a revitalização da economia da província, na medida em que vai facilitar o escoamento da produção agrícola das principais zonas de produção para os grandes centros de consumo.
“Com a recuperação desses troços rodoviários, as trocas comerciais entre o campo e a cidade vão intensificar-se e haverá menos produtos alimentares a deteriorarem-se nos campos por falta de escoamento”, sublinhou o governador, para que “boas estradas significa um forte incentivo à população para o aumento da produção”.
A estrada que liga os municípios de Chicomba, Caconda, Quipungo, Matala e Caluquembe, lembrou, constitui o chamado “corredor do milho”,  por onde passava parte considerável dos cereais para o consumo interno e exportações.

Tempo

Multimédia