Economia

Deloitte Angola apresenta estudo

A consultora Deloitte Angola vai apresentar, no próximo dia 23, a 14ª edição do estudo “Banca em Análise” numa sessão digital, em formato webinar.

Fotografia: DR

Segundo uma nota de imprensa a que o Jornal de Angola teve acesso, a sessão de lançamento terá como tema “O papel da Banca na recuperação de Angola”.

Além da apresentação da 14ª edição, o evento contará com a participação de oradores renomados que irão analisar o actual paradigma do sector financeiro em Angola, os quais serão anunciados brevemente em conjunto com o programa do evento. De acordo com o presidente da consultora, José Barata, a "Banca em Análise" é uma das principais iniciativas da Deloitte Angola e pretende ser um contributo sólido para uma reflexão informada dos agentes económicos nacionais. São 14 edições de um estudo que se tornou uma referência em Angola e através do qual a Deloitte tem reforçado o forte compromisso com o país e com o seu sistema financeiro.

“No período especialmente desafiante que Angola e o mundo atravessam, a Deloitte assume-se como um parceiro de referência, tendo em vista o desenvolvimento sustentado do país e dos seus cidadãos.” disse o responsável.

A 14ª edição do “Banca em Análise” inclui a informação financeira dos bancos a operar no mercado com referência aos exercícios económicos de 2018 e 2019, se fará igualmente um breve enquadramento macroeconómico mundial e nacional, bem como um conjunto de entrevistas aos responsáveis das principais entidades a operar no sector financeiro.

O estudo vai trazer ainda o balanço do ano passado e as perspectivas para o futuro, em linha com o formato das edições anteriores que tornaram o estudo numa referência incontornável do panorama bancário nacional.

A Deloitte é líder global na prestação de serviços de audit & assurance, consulting, financial advisory, risk advisory, tax e serviços relacionados. A sua rede de firmas membro compreende mais de 150 países e territórios e presta serviços a quatro em cada cinco entidades listadas na Fortune Global 500.

Tempo

Multimédia