Economia

Desafios são aliados da crescente dívida

Os desafios que Angola enfrenta do ponto de vista macroeconómico estão relacionados com a dívida crescente, esse é um dos motivos que leva o Banco Mundial (BM) a prestar assistência técnica ao Governo, para que a dívida seja sustentável.

Tal como em Angola, o Banco Mundial funciona com todos os países para a gestão da dívida de forma mais eficiente. Além disso, há outros desafios que os países devem ter em conta, como a diversificação. “Com base nos nossos dados, a nível do BM, a diversificação depende da forma como nós lidamos com os cinco desafios principais”, alinhou o economista chefe do Banco Mundial para a África, Albert Zeufack.
O primeiro desafio prende-se com as infra-estruturas, especialmente de energia, já que esse sector cria constrangimentos do ponto de vista do investimento privado que, consequentemente, reduz o potencial de crescimento. “Evitar constrangimentos de acesso a energia é essencial para a diversificação e sustentabilidade, daí o facto de o BM apoiar Angola no desenvolvimento do sector energético”, avançou.
Para o Banco Mundial, o segundo constrangimento à diversificação é o capital humano. Por isso, acredita ser fundamental que os países aumentem o acesso à educação, não apenas do ponto de vista de instrução primária, mas de instrução secundária e superior, uma vez que se verifica uma grande lacuna entre a educação primária e a superior.
O terceiro constrangimento é em relação ao desenvolvimento e crescimento económico (crescimento, investimento e produtividade). Para o Banco Mundial, o investimento em Angola tem sido concentrado no sector petrolífero. “É importante que se continue com o melhoramento da política de investimento nos sectores não petrolíferos, para que haja de facto um crescimento”, aconselhou Albert Zeufack.
Do ponto de vista de produtividade os estudos do Banco Mundial demonstram que em África, incluindo Angola, o crescimento tem sido primado pela acumulação de capitais e não pela produtividade.
O quarto constrangimento de realce prende-se com as tecnologias de informação, que têm vindo a conduzir o destino do crescimento futuro. O quinto e último constrangimento prende-se com o desafio da inclusão.

Tempo

Multimédia