Economia

Empresa investe 2,5 milhões de dólares

Madalena José

A Primavera Business Software Solutions, multinacional portuguesa presente em Angola há cerca de 20 anos, anunciou ontem, em Luanda, um investimento de 2,5 milhões de dólares para ajustar os serviços à implementação do IVA em Angola.

Fotografia: DR

Segundo a empresa, foi criado um software que ajudará os gestores angolanos a responderem às exigências do IVA e que, ao mesmo tempo, simplifica a gestão logística e de inventário das empresas.

Ao falar para o Jornal de Angola, o gerente da Primavera Angola, José Simões, afirmou tratar-se da versão 10 da Primavera, disponibilizado com tecnologia de última geração que permite tratar os processos administrativos das empresas de forma mais rápida e simples, assim como garantir maior capacidade de integração com outros sistemas e aplicações existentes nas empresas.
Durante o mês de Maio, a empresa vai lançar no mercado a sua versão certificada e pretende reforçar a liderança no processo tecnológico e de conhecimento. Para tal, estão a decorrer formações sobre as temáticas, preparando os clientes e o público em geral sobre os novos desafios a partir do dia 1 de Julho de 2019, data da entrada em vigor do imposto. O serviço da Primavera abrange todo o país através da rede de parceiros certificados.
José Simões acrescentou que a Primavera e outras empresas de desenvolvimento de software têm estado a partilhar experiências e desafios com o Ministério das Finanças.
José Simões afirmou que a versão 10 inclui o novo módulo destinado à gestão de inventários, que simplifica a recepção e expedição de materiais, a transferência entre armazéns e a gestão de stocks em várias moedas.
Também dispõe dos mecanismos para emitir facturas com o IVA, comunicar informações sobre os documentos à AGT, explorar os ficheiros de auditoria e apresenta automatismos para efectuar toda a gestão contabilística das empresas, permitindo às organizações estarem preparadas para responder às novas normas fiscais.
“As empresas terão também as ferramentas necessárias para uma ascensão tecnológica de última geração que lhes permite aumentar a eficiência de gestão”, segundo o responsável da Primavera. A multinacional tem mais de cinco mil empresas a utilizar o seu sistema de gestão.

Tempo

Multimédia