Economia

Empresa de energia tem novo presidente

A Presidência sul-africana nomeou Jabu Mabuza,  líder da Telkom SA desde 2012 , para presidir ao conselho de administração da companhia pública de energia Eskom, em substituição de Zethembe Khoza, que se demitiu na sexta-feira.

Mabuza é visto como um dos responsáveis pela recuperação da Telkom, sendo-lhe solicitado que produza resultados semelhantes na Eskom, noticou ontem o jornal “The South African”.
Uma declaração divulgada pela Presidência sul-africana no sábado à tarde revelou a nomeação, bem como uma reunião realizada na sexta-feira que contou com a participação do Presidente Jacob Zuma, o vice-presidente Cyril Ramaphosa, a ministra do Sector Empresarial Público, Lynne Brown, e o ministro das Finanças, Malusi Gigaba.
A declaração emitida pela Presidência sul-africana indica que o objectivo da reunião era abordar os desafios da empresa de energia.
Mabuza trabalha, nos próximos três meses, com o nomeado chefe executivo interino do grupo, Phakamani Hadebe, uma vez que o conselho é preenchido até Abril.
Depois de ocupar posições de topo em várias empresas do sector privado, desde o final dos anos 80, Mabuza foi nomeado presidente da Telkom em 2012 e recebeu o crédito da reestruturação da companhia semi-pública.
O “The South African” escreveu que o compromisso de Mabuza na Eskom é visto como um passo na direcção certa, já que o sector da energia enfrenta sérios desafios.
O conselho também foi encarregado da remoção de algumas “batatas podres”, uma vez que recebeu a orientação de “afastar todos os gestores da Eskom confrontados com  alegações de corrupção séria e outros actos de improbidade”.

Tempo

Multimédia