Economia

Empresas israelitas interessadas em financiar

Domingos Mukuta

Empresários de Israel projectam investimentos na agricultura, água e energia solar em Angola, anunciou terça-feira o embaixador do país do Médio Oriente em Angola, Oren Rozenblat , no fim de uma deslocação ao Lubango, onde visitou empreendimentos ligados a esses sectores.

Embaixador de Israrel e a vice-governadora da Huíla
Fotografia: Jaimagens/fotógrafo

O diplomata acrescentou que a Embaixada israelita vai dinamizar as relações de cooperação que incluam o estabelecimento de parcerias entre empresas dos dois países, sobretudo da província da Huíla.
Lembrou que o Governo de Israel disponibilizou, desde 2014, mais de 250 milhões de dólares (41,6 mil milhões de kwanzas) para projectos nos sectores da agricultura e água e que o apoio a projectos económicos e sociais em Angola pode ser incrementado sempre que as autoridades angolanas manifestarem interesse.
“Queremos explorar áreas de cooperação assumidas pelos governos de Israel e Angola, estendendo os níveis de cooperação para a província da Huíla, especialmente”, sustentou, acrescentando que “há ainda muitos outros sectores económicos que podem ser explorados”. />O embaixador considerou que as relações de cooperação e de amizade entre Angola e Israel são “excelentes e dinâmicas” e podem ser alargadas, mediante diálogo permanente entre os governos dos dois Estados.
“Somos países amigos. As nossas relações de cooperação são óptimas. Por essa razão, queremos alargar a cooperação para outros sectores da economia de Angola”, disse.
Considerou que a estabilidade económica  de Israel favorece a disponibilização de mais fundos, capazes de impulsionar a economia angolana a sair da crise e gerar mais empregos.
“O nosso país vive uma situação económica e financeira estável. A economia continua a gerar empregos e os investimentos continuam em alta”, declarou o embaixador.

Tempo

Multimédia