Economia

Entreposto Aduaneiro defende preços justos

O presidente do Conselho de Administração do Entreposto Aduaneiro de Angola reiterou, ontem, em Luanda, o compromisso da instituição que dirige de continuar a garantir à população o acesso à cesta básica a preços justos.

Gestor defende o reforço da produção nacional
Fotografia: Santos Pedro | Edições Novembro

Ludgério Peliganga, que não avançou o volume de reservas
da cesta básica disponível no país, reconheceu que a demanda é maior do que a oferta, ressaltando, entretanto, que conta com a participação de todos
os operadores privados, aos quais aconselha o recurso à produção nacional.
Sobre as reclamações dos agentes comerciais, que se queixam da falta de respostas favoráveis às cartas de crédito para importação, Ludgério Peliganga afirmou que a instituição que dirige tem vindo a realizar encontros com os responsáveis dos bancos comerciais para a resolução deste problema.

Tempo

Multimédia