Economia

Estado deve 36.000 milhões de kwanzas à EPAL

O Estado deve cerca de 36.000 milhões de kwanzas à Empresa Pública de Águas de Luanda (EPAL), mais de metade da dívida total, anunciou ontem a direcção da empresa.

Fotografia: DR

Segundo o director comercial da EPAL, Ângelo Filipe, a dívida acumulada da em-presa ascende a 60.000 mi-lhões de kwanzas e, deste valor, 36.000 milhões "são dos organismos do Estado"
"Portanto, há aqui um problema muito grave que ain-da temos que atravessar, porque se de um lado cobramos, do outro há entidades que não nos pagam", disse o responsável, em declarações à Rádio Nacional de Angola (RNA), anunciando o início, em breve, de uma campanha de corte de água aos clientes devedores.
O director comercial da EPAL assumiu que a capital angolana, Luanda, com mais de sete milhões de habitantes, ainda tem um défice de cerca de 350.000 contadores.

 



Tempo

Multimédia