Economia

Estudo aponta caminhos para o fomento da pesca

Victorino Joaquim

Um estudo em curso nas seis províncias costeiras do país identificou sete cadeias de valores, com potencial para elevar a contribuição do sector das Pescas no Orçamento Geral do Estado.

Fotografia: DR

Entre as descobertas estão as cadeias de produção de peixes de alto valor comercial, incluindo a corvina e a garoupa, e a de construção e manutenção de meios navais para a indústria pesqueira. Intitulado “Análises das Cadeias de Valor das Pescas e Planos de Negócios em Angola”, o estudo, encomendado pelo Ministério da Economia e Planeamento, está a ser desenvolvido pelo Consórcio CESO, há quase um ano. Os resultados preliminares do estudo foram apresentados na segunda-feira, em Luanda, em cerimónia a que afluíram empresários do sector e po-tenciais investidores. 

Com base nos resultados do estudo, de acordo com o director nacional do Ministério das Pescas e do Mar para área de Produção e Iodização de Sal, Osvaldo Costa, a instituição vai reestruturar algumas áreas para tirar maior proveito dos recursos marítimos e maximizar a contribuição para os cofres do Estado.
Os resultados definitivos do estudo são apresentados em Dezembro. O Plano Nacional de Desenvolvimento 2018-2022 prevê uma participação anual de 4,8 por cento do sector das Pescas no Produto Interno Bruto.

Tempo

Multimédia