Economia

Exportações atingem mais de mil milhões de dólares

Ana Paulo

As exportações de petróleo, minerais e pedras preciosas de Angola para a África do Sul cifraram-se, em 2017, em mais de 1,27 mil milhões de dólares, revelou ontem, em Luanda, o presidente do Conselho de Administração da Agência de Investimento Privado e Promoção das Exportações (AIPEX), Licínio Vaz Contreiras, durante um seminário de negócios entre os dois países, que decorre até sábado.

Vice-ministro sul-africano Bulelani Magwanishe defende a expansão do comércio bilateral
Fotografia: DR

Licínio Vaz Contreiras acrescentou que as exportações angolanas decresceram como resultado da crise económica mundial entre 2014 e 2016, o mesmo acontecendo em sentido contrário. “As exportações sul-africanas são mais diversificadas em termos de produtos finais”, notou o responsável da APIEX, que defendeu uma melhor auscultação dos empresários que já operam naquele país, aos quais considerou os “melhores embaixadores” de Angola.
Quanto às razões da atracção do investimento estrangeiro em Angola, Licínio Vaz Contreiras destacou o facto de o país constituir “merca-do consumidor de cerca de 28 milhões de consumido-res angolanos, a estabilida-de política e a tendência para a melhoria do ambiente de negócios no país, com uma nova Lei do Investimento Privado e uma Pauta Aduaneira que privilegia a produção nacional”.
A Lei de Investimento Privado, prosseguiu, vem eliminar a obrigatoriedade dos empresários estrangeiros constituírem  parcerias com empresas nacionais, as quais deviam ter uma participação mínima de 35 por cento na estrutura accionista nos termos da lei anterior, como também deixa de impor a cifra de um mínimo de um milhão de dólares para que os projectos sejam considerados de investimento estrangeiro.
Licínio Vaz Contreiras destacou os benefícios fiscais que a Lei do Investimento Privado concede à agricultura, indústria transformadora, agro-indústria, pecuária e têxteis e outros, que têm um peso significativo na balança de pagamentos do país”.

Valor das trocas
As trocas comerciais entre África do Sul e Angola cifraram-se em 2017 cerca de 25 mil milhões de rands (481,5 mil milhões de kwanzas), anunciou, ontem, em Luanda o vice-ministro do Comércio e Indústria daquele país, Bulelani Magwanishe, du-rante um seminário que reúne até dia 21 deste mês homens de negócios.
Bulelani Magwanishe sublinhou que as transacções assentam, sobretudo, nas remessas angolanas de produtos petrolíferos, minerais e pedras preciosas, mas defendeu a expansão das trocas a outros sectores, sobretudo na agricultura, uma área em que o Governo faz uma forte aposta no quadro da diversificação da sua economia.

                                            Variáveis
                                           das trocas

                                            comerciais
                                          entre Angola
                                        e a África do Sul
                                                 25
                                           mil milhões
                                             de rands
                                              em 2017
                                                1.889
                                               milhões
                                      contravalor em dólares
                                                  482
                                             mil milhões
                                            de kwanzas
                                                 1,27
                                           mil milhões
                                            de dólares
                                    exportações angolanas
                                              em 2017
                                           2014 a 2017
                                     período de retracção
                                            das trocas

Tempo

Multimédia