Economia

Falta de tractores condiciona aumento da produção agrícola

Cerca de 300 hectares de terras aráveis para a época agrícola 2019/2020 estão a ser lavrados manualmente por 400 famílias camponesas na comuna do Egipto Praia, município do Lobito, província de Benguela, por falta de tractores.

Fotografia: DR

Segundo José Faria, administrador comunal do Egipto Praia, a falta de equipamentos agrícolas é uma realidade na região e, por isso, os camponeses são obrigados a preparar as terras manualmente, facto que condiciona o aumento da produção, nome-adamente de milho, feijão e cebola.
“Com um tractor, as coisas seriam diferentes e os camponeses podiam quadruplicar os níveis de produção”, sustentou José Faria, referindo que o recurso ao aluguer de tractores a privados está fora de questão, porque os camponeses não têm dinheiro para pagar os custos.
“O aluguer de equipamentos fica caro, sobretudo para aqueles camponeses que só têm um ou dois hectares para lavrar”, salientou o administrador, que defende a necessidade de o Ministério da Agricultura olhar para a situação.

Tempo

Multimédia