Economia

Feira vai estar aberta até à véspera do Natal

Helma Reis

A Feira de Mobiliário, que decorre há mais de 20 dias, na Cidade da China, em Viana, vai encerrar apenas no dia 24 de Dezembro e não a 24 deste mês, como estava inicialmente previsto, soube, ontem, o Jornal de Angola.

Fotografia: DR

A secretária de direcção da Hua Dragão, empresa gestora da Cidade da China, maior centro comercial em Angola, explicou que a grande procura de artigos de mobiliário à venda na feira por centenas de visitantes é a principal razão do alargamento do período de realização da primeira edição do evento.

Xiang Haiying adiantou que a Hua Dragão deseja, com o alargamento do período, que os mais de 50 expositores aproveitem ao máximo para aumentar o volume de vendas, no âmbito do lema “Grande promoção e oportunidades”, criado para o evento.
A secretária de direcção deu ênfase à existência de um “forte feedback” entre as fábricas de mobiliário presentes na feira e os clientes, outra razão do alargamento do período, facto que vai permitir que mais pessoas visitem a área de exposição.
“As empresas expositoras garantem-nos que há uma grande aceitação dos produtos em exposição pelos clientes, para a qual concorrem os descontos que estão a ser praticados”, acentuou Xiang Haiying.
Xiang Haiying lembrou que os clientes que fizerem compras de até 50 mil kwanzas ou mais estão habilitados a participar num sorteio, no dia 23 de Novembro, para poderem ganhar vários prémios, entre mesas e cadeiras. Depois do dia 24 deste mês, a Hua Dragão vai pôr à disposição dos clientes mais prémios, que vão ser distribuídos, diariamente, aos primeiros 50 clientes.
A Feira de Mobiliário é realizada com o objectivo de criar um ambiente de negócios saudável, que impulsione, cada vez mais, a produção nacional de mobiliário, lê-se num documento da empresa organizadora do evento.
Localizada no Pólo Industrial de Viana, junto à Via Expressa, a Cidade da China funciona desde 2017 e dispõe de uma área comercial, com 16 naves, que albergam mais de 400 lojas, em cujos espaços são vendidos produtos diversos, entre material de construção e decoração, brindes para festas, artigos para o lar, acessórios de viaturas, roupa, calçado e outros.

Tempo

Multimédia