Economia

Governo aberto a investimento privado em rodovias

O Governo está aberto a parcerias privadas para a construção de rodovias, exploração de sistemas de portagem e de infra-estruturas públicas, disse, ontem em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos, o ministro da Construção e Obras Públicas, Manuel Tavares de Almeida.

Fotografia: DR

O governante encabeça uma delegação que participa, desde domingo, no 26º Congresso Mundial de Estradas (Connecting Cultures Enabling Economies), que termina amanhã. O ministro salientou que o Governo fez uma aposta clara na construção e reabilitação de infra-estruturas rodoviárias para restaurar as ligações entre as cidades e garantir maior conectividade territorial e o desenvolvimento harmonioso do país.
Com uma rede rodoviária de 76.000 quilómetros, 3.000 dos quais asfaltados, o país tem em marcha um plano de trabalho quinquenal, para a construção e reabilitação de 8.200 km de estradas pavimentadas, numa média de 1.600 km por ano.
Devido à insuficiência de re-cursos para fazer face às necessidades, disse, o país está aberto ao investimento estrangeiro em todas as áreas, incluindo as infra-estruturas.

Tempo

Multimédia