Economia

IDF apreende licenças

As empresas de exploração de madeira na província do Cunene que não cumprem as regras sobre reflorestação vão ver as licenças caçadas, advertiu em Ondjiva o director local do Instituto Desenvolvimento Florestal (IDF), Abel Zamba.

Fotografia: Jaimagens | Edições Novembro

O responsável frisou que o Cunene tem 25 empresas exploradoras de madeiras e, cada uma, produz entre 200 a 500 metros cúbico de madeira.

Tempo

Multimédia