Economia

IGAPE contrata assessoria para as privatizações

Cristóvão Neto

O Instituto de Gestão de Activos e Participações do Estado (IGAPE) anuncia, “nas próximas semanas”, os resultados de um concurso público lançado em finais de Abril para a contratação de consultoria geral para o Programa de Privatizações (PROPRIV), depois da conclusão do prazo para a recepção de propostas, na quinta-feira.

Contratação de consultores definida como investimento na obtenção de ganhos com as privatizações
Fotografia: DR

Uma fonte do IGAPE que, ontem, prestou estas declarações ao Jornal de Angola, afirmou que o Instituto só está em condições de divulgar os resultados “nas próximas semanas”, mercê do envolvimento dos membros da comissão de avaliação na verificação das candidaturas, para aferir se cumprem com os requisitos básicos.

O Concurso Público para a Contratação de Serviços de Consultoria Técnica e Intermediação Financeira para o PROPRIV, como se designa a operação, persegue a obtenção de assessoria para ajudar a listar activos para a licitação, com base em toda a documentação, bem como em informação financeira e patrimonial disponível sobre as empresas e participações à privatizar.

Visa, ainda, perceber que activos podem ser submetidos à privatização e em que condições, o que faz da contratação de consultoria geral ao PROPRIV, “mais um investimento do que um gasto”, declarou a fonte para definir o processo. O IGAPE, revelou a fonte, também está a contratar intermediários financeiros para a privatização do Banco de Comércio e Indústria (BCI), cujo capital é alienado em 100 por cento, de cerca de dez por cento do Banco Angolano de Investimento (BAI) e de uma percentagem ainda não divulgada da Empresa Nacional de Seguros e Resseguros de Angola (ENSA).

Embora ainda não esteja em curso, está também decidida a contratação de um intermediário financeiro para projectar a alienação da participação da Sonangol de 25 por cento no banco Caixa Angola, de acordo com a fonte. O intermediário financeiro ajuda a avaliar o activo, estabelecendo um valor para a licitação, realiza uma diligência devida focada nas contas e na observação de boas práticas, assim como auxilia a estabelecer um calendário para a privatização.

Tempo

Multimédia