Economia

II Fórum Empresarial arranca hoje no Lubango

Arão Martins

Mais de 600 expositores nacionais e estrangeiros oriundos da América, Ásia e África participam no II Fórum Empresarial de Investimento e Negócios (Invest-Huíla), que arranca hoje no Lubango.

Fotografia: Dr

O evento inclui temas relacionados com a nova Lei do Investimento Privado e o ambiente de negócios em Angola, oportunidades de negócios na província da Huíla e na região Sul do país, estratégia de captação de investimentos estrangeiros para projectos empresariais privados, entre outros.

De acordo com o programa, o ministro da Energia e Águas, João Baptista Borges, apresenta a estratégia do Executivo para o Desenvolvimento do sector energético.
O Invest Huíla é uma iniciativa do Governo Provincial, criada em 2015 para divulgação do potencial económico e social da região Sul do país, com vista a atracção e mobilização do investimento público e privado.
O evento visa potenciar o empresariado local e alavancar os projectos públicos e privados. Pretende-se, com o evento, consolidar os objectivos da criação do fórum, inserido no Plano de Desenvolvimento da Província, a identificação de oportunidades de negócios e investimento nos domínios da agricultura, indústria e turismo, para captar mais investidores públicos e privados, apresentar projectos concretos e diversificados.
O presidente da Associação Agro-Pecuária Industrial e Comercial da Huíla, Paulo Gaspar, afirmou que o certame visa promover parcerias entre os homens de negócios e alavancar a produção agro-industrial em grande escala.
Paulo Gaspar sublinhou que, “apesar da crise, o Parque Industrial do Lubango registou, nos últimos anos, um crescimento considerável nos domínios das infra-estruturas, pessoal qualificado e produção diversificada de bens e serviços, graças aos investimentos efectuados”.
“Este desenvolvimento, aliado ao enorme potencial turístico, fez com que a indústria de hotelaria não ficasse à margem do crescimento registado”, disse.

Tempo

Multimédia