Economia

Invest-Huíla junta homens de negócios

Arão Martins | Lubango

Investidores nacionais e estrangeiros participam, de amanhã a quinta-feira, no Lubango, na II Invest-Huíla, um fórum destinado a potenciar o empresariado local, impulsionar os projectos públicos e privados e à promoção de negócios.

Momento da Expo-Huíla, realizada no Lubango em Agosto
Fotografia: Arimateia Baptista | Edições Novembro | luibango

Prevê-se que o ministro de Estado para a Coordenação Económica, Manuel Nunes Júnior, proceda à abertura do fórum que tem confirmada a presença de empresários sul-africanos, portugueses, espanhóis, dos EUA, Polónia, Emirados Árabes Unidos e Nigéria.
No fórum, organizado pelo Governo Provincial da Huíla e a Associação Agropecuária, Industrial e Comercial (Aapcil), participam, também, investidores do Ghana, México, França, Brasil, Rússia, Índia, Canadá, China, Itália e Argentina. No Invest-Huíla, o Go-verno pretende convencer os investidores sobre as oportunidades de negócios na Agricultura, Turismo e Indústria, sectores considerados fundamentais para o crescimento económico e social da região.
Os investidores participam em conferências sobre oportunidades de negócio na província da Huíla e na região, com o primeiro painel a debruçar-se sobre o “Ambiente de negócios e a formação profissional na província da Huíla”, “Oportunidades de investimentos no Polis” (Pólo de Desenvolvimento Integrado e Sustentado, da Humpata), “Desenvolvimento de em-preendimentos empresariais privados na província da Huíla”.
Num painel sobre políticas e estratégias de desenvolvimento do sector privado, serão abordados a “Estratégia do Governo de Angola para o desenvolvimento do sector energético e suporte ao investimento privado”, “Evolução do sector empresarial privado em Angola: diagnóstico e perspectivas” e “Perspectivas de desenvolvimento da indústria no sul de Angola”.
“Linhas de financiamento do Banco Mundial para investidores angolanos”, “Oportunidades de financiamento de projectos através de linhas de crédito do BDA”, “A nova realidade do IVA”, “O IVA na perspectiva da inspecção e na arena económica” e “O crédito bancário no contexto do financiamento à economia” são outros temas do fórum. O governador provincial da Huíla, Luís Nunes, considera como prioritária a captação de um investimento responsável, orientado para o sector privado e que venha a gerar crescimento económico.

Tempo

Multimédia