Economia

Projecto Aldeia Nova investe milhões

O projecto Aldeia Nova, situado no Waco Cungo, município da Cela, investiu desde o princípio deste ano o equivalente em kwanzas a 10,5 milhões de dólares para a produção de ovos de codorniz, reabilitação e equipamento das ordenhas para a produção de leite.

Investimento vai potenciar a empresa e pequenos agricultores da região com a redução da importação do que é possível produzir localmente
Fotografia: Kindala Manuel

Segundo a Angop, a informação foi prestada ontem na vila do Waco Cungo, Cuanza Sul, pelo director-geral do Projecto Aldeia Nova, Coby Triviski. O gestor disse que o valor foi igualmente investido na montagem de uma fábrica de caixas de cartões de ovos e na preparação de dez mil hectares para produção de soja e milho, principais matérias-primas para a produção de ração animal.
O objectivo do investimento, segundo Coby Triviski, é potenciar a empresa para a sua independência, deixando de importar tudo aquilo que é possível produzir localmente.
A Aldeia Nova S.A. pretende ser auto-sustentável e tem como objectivo rentabilizar as unidades agro-industriais, de modo a favorecer o desenvolvimento socioeconómico de pequenos agricultores e produtores da região, disse.
A empresa já ganhou o seu espaço no mercado nacional, fornecendo os seus diversos produtos nas grandes superfícies comerciais das cidades de Luanda, Benguela, Huambo, Malanje, Sumbe e Gabela, o que permitiu arrecadar em 2015 receitas no valor de 40 milhões de dólares. “Estamos a viver momentos difíceis no país, tudo por conta da crise económica mundial e, em função disso, é necessário potenciar a produção nacional apostando na agricultura e na industrialização”, afirmou.
Questionado sobre a pertinência da produção de ovos de codorniz, Coby Triviski disse que é um produto muito procurado no mercado nacional e internacional, dadas as suas valências nutritivas e até medicinais. “Os ovos de codorniz têm um grande mercado por explorar no continente africano e em outras partes do mundo”, disse. Para além de ovos, a Aldeia Nova produz e comercializa leite, queijo, manteiga, gelados, yogurte, galinhas, galos e pintos, milho, soja e ração animal. A Aldeia Nova é uma sociedade anónima que integra o Instituto de Desenvolvimento Agrário (IDA), Gesterra, Instituto Superior Empresarial Privado e o Fundo Vital.

Tempo

Multimédia