Economia

Tchizé dos Santos apela em Londres ao apoio à indústria criativa africana

A deputada e empresária Welwitschia dos Santos foi uma das convidadas da 16.ª Cimeira da London Business School sobre África, realizada no sábado na capital inglesa.

Empresária Welwitschia dos Santos
Fotografia: Santos Pedro | Edições Novembro

Convidada a falar no painel “Maximizando a indústria criativa africana”, Tchizé dos Santos, como também é conhecida a empresária do ramo da comunicação e dos “media”, falou do potencial da indústria angolana e preconizou soluções que contribuam para a criação e o desenvolvimento de mercados criativos que criem riqueza e, com isso, ajudem a melhorar as condições de vida das populações.
“Em tão pouco tempo, Angola foi capaz de mostrar vários casos de sucesso que têm contagiado o mundo positivamente”, sublinhou Tchizé dos Santos, acrescentando: “mas é necessário fazermos mais, é necessário continuarmos a investir, é necessário aproveitarmos melhor o potencial dos nossos criativos”. A empresária apontou a ficção nacional como uma das áreas que alcançou “conquistas únicas” no mundo. “Temos top models a desfilar e a fazerem campanhas por renomadas marcas. A nossa música, as nossas danças fazem sucesso pelo mundo. Há muito ainda por explorar e por dar a conhecer, mas já vimos que é possível. Precisamos apenas de mais oportunidades, de profissionalizar e de apostar comercialmente em novos mercados”, disse a empresária.
Tchizé dos Santos disse que os africanos, e os angolanos em particular, são por natureza muito criativos e precisam apenas de mais oportunidades. “Não seremos melhores enquanto o mundo for um palco de oportunidades dominado em exclusivo por um grupo pequeno de países. Os africanos são povos muito talentosos e criativos, com uma cultura riquíssima de ritmos, sabores, contrastes e emoções que devem ser conhecidos e partilhados por todos. Precisamos apenas de mais oportunidades”, disse Welwitschia dos Santos.
A cimeira da London Business School é um dos mais renomados fóruns de abordagem e definição de perspectivas inovadoras e integradas para a recomendação de políticas para o futuro de África, juntando delegados e oradores de prestígio.

Tempo

Multimédia