Economia

Investimentos polacos abaixo da expectativa

O volume de investimentos da Polónia em Angola ronda os 30 milhões de dólares anuais, valor considerado abaixo das expectativas pelo embaixador polaco em Angola, Piotr Mysliwiec, tendo em conta a dimensão das relações entre os dois países.

Fotografia: DR

O diplomata, que interveio numa cerimónia em Luanda que marcou as celebrações dos 100 anos da recuperação da Independência da Polónia, assinalada ontem, disse que o seu país encaminha, essencialmente, os seus investimentos na área da educação, tendo  apontado como exemplo a construção e apetrechamento da Academia de Pesca e Mar, na província do Namibe e a cedência de bolsas de estudos a estudantes angolanos.
A Polónia, segundo o embaixador  Piotr Mysliwiec, pretende alargar os investimentos aos sectores de transportes públicos e cultura, para apoiar na identificação e preservação de sítios históricos. Sobre os projectos em carteira,  Piotr Mysliwiec destacou  o da geminação entre cidades angolanas e polacas,  que já está a ser discutido entre as autoridades polacas e o governo provincial do Huambo.
A par dos investimentos públicos, de acordo com Piotr Mysliwiec, os empresários polacos manifestam intenção de investir em Angola,  tendo em conta as mudanças  positivas que se verificam no país.   
O embaixador Piotr Mysliwiec disse  que os empresários polacos pretendem investir na construção de um  hospital,  uma fábrica de cimento e na criação de uma fazenda modelo para ajudar a desenvolver a agricultura em Angola.
A Polónia exporta para Angola, entre outros,  produtos alimentares, metais, químicos, recebendo do lado de Angola pedras ornamentais da Huíla e Namibe.

Tempo

Multimédia