Economia

Isabel dos Santos vai sair da Efacec

A Efacec Power Solutions, uma empresa portuguesa de engenharia, energia e mobilidade, anunciou ontem que a empresária Isabel dos Santos decidiu “sair da estrutura accionista” da empresa, “com efeitos definitivos”, tendo os seus representantes renunciado aos cargos no grupo.

Fotografia: DR

Em comunicado, o Conselho de Administração da Efacec Power Solutions refere que, na sequência desta decisão, Mário Leite da Silva (o gestor da fortuna da empresária) renunciou ao cargo de presidente do Conselho de Administração, bem como o advogado Jorge Brito Pereira, que renunciou ao cargo de presidente da assembleia-geral, ambos com efeito imediato.
O Conselho de Administração refere que, "neste contexto, a engenheira Isabel dos Santos solicitou" a este órgão “para iniciar, com efeito imediato, as diligências necessárias para concretizar a sua saída da estrutura accionista da Efacec Power Solutions”, tendo sido já nomeados assessores para esse efeito.
Em Outubro de 2015, através da Winterfell Industries, a empresária adquiriu a maioria do capital da Efacec Power Solutions, passando Mário Leite da Silva a presidir o Conselho de Administração.
O anúncio da venda da sua participação na Efacec acontece um dia depois de os três administradores não executivos da NOS, uma empresa portuguesa de conteúdos digitais, com ligações à empresária - Jorge Brito Pereira, Mário Leite da Silva e Paula Oliveira - terem renunciado aos seus cargos na operadora.
Acontece, também, dois dias depois do EuroBic ter comunicado que a empresária iria vender a participação no banco, medida que visa salvaguardar a confiança na instituição.
Na quinta-feira, a deputada portuguesa pelo Bloco de Esquerda Catarina Martins exigiu que o Governo do seu país tenha uma estratégia para impedir a venda da participação de Isabel dos Santos em grandes em-presas implantadas naquele mercado.

Tempo

Multimédia