Economia

Laboratório da Biocom recebe a segunda menção

O Laboratório Agrícola da Biocom recebeu, pelo segundo ano, o conceito “A” de controlo de qualidade do Programa Interlaboratorial de Análise de Tecido Vegetal (PIATV), mantido pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ), cuja sede está na cidade de Piracicaba (São Paulo), no Brasil.

Investimento em tecnologia torna análises consistentes
Fotografia: José Soares | Edições Novembro

A Agro-indústria angolana, única do continente africano a participar do programa, ficou em quinto lugar entre os 150 laboratórios participantes. O Laboratório Agrícola da Biocom realiza a análise foliar de diversas culturas agrícolas e está pronto para prestar esse serviço aos agricultores e empresários do sector em Angola.
Desde 1982, o programa da ESALQ avalia a capacidade dos laboratórios participantes em realizar análises de tecido vegetal com o máximo padrão em qualidade. Anualmente, cada laboratório participante recebe da ESALQ amostras de folhas em que são determinados 13 elementos químicos, totalizando no final 176 elementos analisados.
Os resultados obtidos em cada conjunto de amostras são enviados via internet para o site do PIATV, onde é realizada a verificação dos resultados. />De acordo com informações da Escola Superior de Agricultura, a avaliação do estado nutricional das plantas através da análise foliar tem sido de fundamental importância, não só por permitir um diagnóstico adequado do estado nutricional das mesmas, mas por permitir que a interpretação desses resultados seja usada para recomendação e aplicação de nutrientes, os quais envolvem grandes investimentos por parte do agricultor e que devem ser usados adequadamente.
O Laboratório Agrícola da Biocom realiza a análise foliar de diversas culturas agrícolas e diz-se pronto para prestar esse serviço aos demais agricultores e empresários do sector em Angola. Este é o segundo ano que o Laboratório de Análises de Solo da Biocom recebe uma certificação internacional.

Tempo

Multimédia