Economia

Mais de 77 mil candidatos para 7 mil vagas na Saúde

Adolfo Mundombe

Os testes para os 77.092 candidatos selecionados para concorrer às sete mil vagas disponíveis no sector da Saúde começam hoje e terminam sexta-feira em todas as capitais provinciais, indica o Ministério da Saúde.

Testes de admissão para a Saúde decorrem até sexta-feira em todo o país
Fotografia: Maria Augusta | Edições Novembro

Num comunicado, o Ministério da Saúde indica que as vagas são para as carreiras de profissionais da Saúde e do Regime Geral. As provas começam às 9h00, no período da manhã, e às 14h00, à tarde, com a duração de 2h30 minutos. As listas definitivas, os tópicos e o regulamento das provas estão disponíveis no portal: www.ingresso-minsa.com.O Ministério da Saúde es-clarece que depois da hora marcada não será permitido o acesso à sala de prova. O uso de corrector, meios tecnológicos ou outros materiais de apoio estão proibidos.
Estão disponíveis 1.242 vagas na carreira médica, 2.757 em enfermagem, 1.691 para técnicos de diagnóstico e terapeuta, 779 ao apoio hospitalar e 531 ao regime geral.O primeiro realizou-se em Dezembro de 2018 e foram admitidos cinco mil candidatos.
Angola tem 6.400 médicos para, pelo menos, 28 milhões de habitantes.A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda um médico para cada mil habitantes. O Sistema Nacional de Saúde comporta 2.644 unidades sanitárias: 15 hospitais nacionais, 25 provinciais, 45 gerais, 170 municipais, 442 centros de saúde, 67 centros materno-infantis, 1.880 postos médicos e 37 outras infra-estruturas.

Huambo tem 427 vagas

Um total de 7. 620 candidatos concorrem, na província do Huambo, às 427 vagas no sector da Saúde, no Huambo. O director do gabinete Provincial da Saúde, Lucas Hhamba, sublinhou que as condições estão criadas para que os mais de sete mil candidatos inscritos possam realizar, sem constrangimentos , os exames de admissão.
Os candidatos seleccionados para o exame de admissão, explicou Lucas Hhamba, foram repartidos por áreas. Para o regime geral, participam 3.180 candidatos: 19 médicos-assistentes, 78 médicos internos, 44 enfermeiros, além de técnicos de diagnóstico.
O concurso tem, também, como objectivo actualizar as categorias dos profissio-nais da classe, bem como o ingresso de mais quadros nas diversas especialidades no sector da Saúde, de formas a minimizar a carência de médicos e enfermeiros nas principais unidades hospitalares da província do Huambo, asseverou.
Os candidatos apurados serão distribuídos pelos 11 municípios da província, nomeadamente Huambo, Londuimbali, Cachiungo, Caála, Chicala Cholohanga, Mungo, Ecunha, Ukuma, Longonjo e Tchinjenje, para que os habitantes tenham assistência médica e medicamentosa dentro do atendimento humanizado no sistema de saúde.

 

Tempo

Multimédia