Economia

Mercadorias angolanas vão para Cabo Verde

O Núcleo dos PALOP na Confederação Empresarial da CPLP e a Associação Industrial de Angola (AIA) anunciaram ontem que inauguram em Junho, em Cabo Verde, uma central de compras de produtos angolanos.

Representantes empresariais das partes assinaram acordo
Fotografia: Contreiras Pipas | Edições Novembro

De acordo com uma nota de imprensa enviada ao Jornal de Angola, numa primeira fase, serão exportados para o arquipélago frutas e marisco, em operações encetadas na sequência da retomada dos voos da TAAG para a Ilha do Sal, em Cabo Verde.
Segundo ainda a nota, para a concretização desta acção, estão em curso diligências para a abertura de uma ligação marítima entre os PALOP com passagem por portos de outros os países da região subsaariana, onde também serão instaladas centrais de compra com o objectivo de facilitar a exportação e a expansão de uma gama de produtos.
Depois da retomada dos voos da TAAG para Cabo Verde em Abril, que culminou com a assinatura de um Protocolo de Cooperação com a Câmara de Turismo de Cabo Verde, os parceiros promovem um conjunto de viagens turísticas de lazer e de negócios, recorda a nota de imprensa.

Tempo

Multimédia