Economia

Moagem de trigo é inaugurada hoje

A sociedade Grandes Moagens de Angola (GMA)  inaugura hoje a primeira moagem de trigo com uma produção de 500 mil toneladas de farinha por ano, que vai permitir reduzir as importações, anunciaram ontem os investidores.

Fotografia: Angop


A moagem, a primeira construída em Angola depois do colapso das quatro fábricas operacionais em Luanda, Benguela e Huíla nos anos 90, está incluída num projecto lançado em 2015 que representa mais de cem milhões de dólares (16.670 milhões de kwanzas) em investimentos e uma capacidade de processar 1.200 toneladas de trigo por dia.
O objectivo é implantar uma moagem capaz de produzir 930 toneladas de trigo para consumo humano e 260 toneladas de farelo para ração animal por dia, para reduzir as importações. A unidade está concebida para processar o trigo que chega por via marítima de países como França, Alemanha, Canadá, Estados Unidos, Cazaquistão e Austrália. Dada a ausência de produção nacional, a aquisição do trigo ainda será feita no exterior.
Dados oficiais indicam que, só em 2015, Angola gastou 320 milhões de dólares (mais de 53 mil milhões de kwanzas) para importar 510 mil toneladas de farinha de trigo, número que poderá ser cortado em 60 por cento com o início da laboração da fábrica, sustentam os investidores. 
O projecto aprovado pelo Governo prevê a construção da fábrica, silos, moinhos e uma linha de produção, criando 173 postos de trabalho e beneficiando de uma redução de 80 por cento no pagamento dos impostos Industrial, sobre Aplicação de Capitais e aquisição de terrenos.

Tempo

Multimédia