Economia

Mulheres garantem maior transparência

Natacha Roberto

As mulheres que ocupam cargos de chefia no país destacam-se no mercado de trabalho por garantir maior transparência na gestão do erário, segundo a administradora da Administração Geral Tributária (AGT), Inalda Manjenje.

Fotografia: Paulo Mulaza| Edições Novembro

A responsável, que falava ontem, em Luanda, numa palestra denominada “Mulher tributária e os desafios da economia” informou que, embora a AGT tenha apenas 1.786 mulheres num universo de 3.798 trabalhadores, é elevada a presença feminina em cargos de chefia. 

“São 122 mulheres em cargos de chefia nas repartições, postos fiscais e direcções, em vários departamentos”, disse Inalda Manjenje.
A administradora da AGT lembrou que o Relatório do Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos indica que há 30, 5 por cento de mulheres na Assembleia Nacional, 39,5 por cento no governo, 34,4 por cento na magistratura do Ministério Público e 38 por cento na magistratura judicial.
 

Em desenvolvimento ...

Tempo

Multimédia