Economia

Negócios entre Angola e Índia atinge 4,2 mil milhões de dólares

Madalena José

As trocas comerciais entre Angola e Índia ficaram avaliadas em 4,2 mil milhões de dólares em 2019, de acordo com números do secretário-geral da Câmara de Comércio Indústria Angola-Índia, Caetano Capitão, num encontro realizado ontem , em Luanda, sob o tema “Sector Agrícola de Angola - Soluções da Índia”.

Fotografia: Alberto Pedrol | Edições Novembro

Números disponíveis do Jornal de Angola indicam que o valor do ano passado representa um abrandamento face a 2018, quando o comércio bilateral atingiu 4,5 mil milhões de dólares, em trocas, em qualquer dos dois períodos, influenciadas pelas remessas angolanas de petróleo.

Os fornecimentos de crude fazem de Angola o segundo maior exportador africano de produtos energéticos para a Índia, que emprega, em Angola, capitais nos sectores do Comércio, Hotelaria e da indústria metalúrgica (em sucata e aço).

O consultor do ministro da Agricultura, António Sozinho propôs, no encontro, que Angola aproveite o potencial da Índia no fabrico de moto-cultivadoras e outros equipamentos que podem ser produzidos no país, para ajudar a alavancar o sector agrícola, acrescentando um novo domínio às relações bilaterais.

O encarregado de Negócios da Embaixada da Índia em Angola, Tibatraj Kumar Mishra, prometeu apoio tecnológico e conhecimento na área da agricultura, uma vez que o mercado angolano interessa a um bom número de empresários indianos que pretendem investir neste sector.

 

Tempo

Multimédia