Economia

Okavango atrai investidores nacionais e estrangeiros

Três empresas que actuam no segmento do ecoturismo manifestaram a intenção de investir na região angolana do Okavango, tendo para o efeito submetido propostas de investimento à Agência Nacional para a Gestão da Região do Okavango (ANAGERO).

Fotografia: DR

A região angolana do Okavango tem despertado o interesse de investidores nacionais e estrangeiros. Segundo o presidente do Conselho de Administração da ANAGERO, Rui Lisboa, os investidores nacionais e estrangeiros manifestam particular interesse em apostar na área do Bico de Angola, que possui, actualmente, a maior concentração de vida selvagem, principal activo turístico, pois acrescida da localização perto das fronteiras com a Zâmbia e Namíbia, permite incluir o país no roteiro turístico transfronteiriço da iniciativa regional do Okavango Zambeze.

Tal possibilidade garante a atracção de turistas internacionais que circulam na região do KAZA, actualmente um destino turístico de referência mundial.
De acordo com Rui Lisboa, as referidas propostas foram submetidas aos órgãos com a responsabilidade de aprovar e atribuir as concessões para a implementação dos projectos na região.

Tempo

Multimédia