Economia

Operadores de televisão ajustam as tarifas

As operadoras de distribuição de televisão por assinatura DSTV-Multichoice, TV Cabo e ZAP têm iminente um ajuste das tarifas de 13 por cento, o último este ano permitido pelo regulador as essas companhias.

Fotografia: DR

O Instituto Angolano das Comunicações (INACOM) estabeleceu, a 21 de Março, os termos da actualização do tarifário dos distribuidores de conteúdos digitais, lembra a Angop, que ontem noticiou o ajuste.
No quadro do acordado com as operadoras, estão a ser criadas condições para, igualmente em breve, passarem a disponibilizar gratuitamente os canais públicos de televisão, TPA 1 e TPA 2, em termos já tratados mutuamente.
Um grupo multi-sectorial, composto por representantes das operadoras e dos ministérios da Comunicação Social e das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, trabalhou nesse sentido, tendo acordado a criação de um pacote básico, que será fornecido gratuitamente durante um determinado período, mesmo sem pagamento por parte dos consumidores.
A primeira actualização, que já ocorreu, não deveria exceder os 25 por cento sobre o tarifário que era praticado, e poderia ocorrer a partir do mês de Abril. A segunda actualização não deve exceder os 13 por cento sobre o tarifário inicial nem ocorrer antes de Julho, segundo os termos do acordo entre o regulador e os operadores.

Tempo

Multimédia