Economia

Países da região vetam carne sul-africana

Botswana e o reino de eSwatini, antiga Swazilandia, suspenderam as importações de carne da África do Sul, enquanto o Zimbabwe está num processo de proibição devido ao risco de contágio causado por um surto de febre aftosa.

Fotografia: DR

A doença, que causa lesões nos bovinos e ovinos, foi detectada num distrito no norte da província de Limpopo, anunciou na semana o Departamento da Agricultura da África do Sul. O eSwatini, que tem uma forte dependência da África do Sul, de onde importa grande parte dos alimentos, e o Botswana, anunciaram há pouco mais de uma semana que proibiriam a compra de gado de casco fendido da África do Sul, juntando-se à Namíbia, que suspendeu as importações com efeito imediato. A febre aftosa não afecta os seres humanos, mas representa uma ameaça para animais bovinos, cabras e ovelhas. 

Tempo

Multimédia