Economia

PRODESI: Sector da Agricultura tem 2.241 projectos

O sector da Agricultura é o que mais projectos tem na banca nacional no quadro dos financiamentos previstos no Programa de Apoio à Produção, Diversificação das Exportações e Substituição das Importações (PRODESI).

Fotografia: DR

São ao todo 2.241 projectos, de acordo com dados, até ontem, disponíveis no Portal de Divulgação da Produção Nacional. Um total de 4.341 candidaturas estão catalogados e 397 submetidos à banca. Destes, 188 foram já aprovados e 23 tiveram desembolsos. O Comércio e Distribuição com 842 surge como o segundo sector com mais projecto, tendo a Indústria Alimentar e Bebidas, com 435 projectos, ocupado o top 3.

Em termos de províncias, no global, Luanda com 1.288 é a que mais projectos concentra. O Moxico com 128 é a província com o menor número de projectos em curso. Os dados do Ministério da Economia e Planeamento disponíveis no Portal de Divulgação da Produção Nacional não apresentam os indicadores financeiros por cada sector.

Adiantam, todavia, que até à semana passada, encontravam-se registados 4.793 pedidos de crédito, mais 40 se comparado aos sete dias anteriores, dos quais 2.178 reuniram os requisitos e encontram-se activos na base de dados. Dos projectos activos, 1.669passaram à fase de constituição do dossier de crédito, representando cerca de 76 por cento. Em negociação com a banca foram contabilizados 149 projectos.

A base de dados do Portal de Divulgação da Produção Nacional conta, no início desta semana, com 5.761 produtores registados, 1.539 transportadores e uma capacidade de carga de 162.631 toneladas, segundo a actualização do Ministério da Economia e Planeamento (MEP). Em termos de registo de produtores nacionais, a meta era de até ao final deste ano ter-se em controlo 4.000 produtores.

Assim, dos projectos em tratamento na banca comercial, no período em análise, mais 12 foram aprovados, totalizando 288 desde 2019. Em relação ao crédito cedido, 20 projectos de diversos sectores da economia nacional viram os desembolsados concretizados, sendo mais 11 em relação a semana anterior.

Desde 2019 até a primeira quinzena de Setembro foi desembolsado um total de 143,6 mil milhões de kwanzas ao sector produtivo, tendo proporcionado a geração de 27 mil postos de trabalho directos. Este total corresponde a 102 projectos. 

As Medidas de Alívio Económico garantiram 9,7 mil milhões de kwanzas, para 61 projectos, o Projecto de Apoio ao Crédito (PAC) com 6,7 mil milhões, de 2 projectos, o Aviso 10/20 do BNA 126,7 mil milhões, para 37 projectos, deixando para os outros instrumentos e produtos financeiros na banca angolana garantiram 524 milhões.

Tempo

Multimédia