Economia

Produto para cabelo com prazo expirado

O Instituto Nacional de Defe-sa do Consumidor (Inadec) anunciou ontem a apreen-são, há pouco mais de uma semana, de dezenas de unidades do produto “Creme ac-tivador de cachos”, da marca Cacho Kids, por estarem a ser vendidos com o prazo de validade expirado.

Fotografia: DR


O Inadec indica, em comunicado, tratar-se de um produto para cabelos femininos em embalagens de 250 miligramas, pertencente aos lotes 14322005 e 1500900, expirados em Outubro e Dezembro de 2017.
Os produtos foram apreendidos após denuncia recebida pelo Inadec a relatar que estavam a ser comercializado em alguns estabelecimentos comerciais, nos quais os fiscais constataram a veracidade das informações iniciais e encontraram outras irregularidades, como falta de asseio e higiene, assim como do Livro de reclamações e respectivo selo, artigos de exposição obrigatória à luz da lei.
O Inadec considera que a venda de produtos expirados constitui uma infracção grave à Lei de Defesa do Consumidor, pois coloca em risco a saúde e até mesmo a vida de quem os adquire.
Os produtos apreendidos vão ser descartados e destruídos pelas autoridades e os estabelecimentos comerciais punidos nos termos da legislação em vigor, declara o documento que alerta os consumidores que tenham comprado o creme com as especificações referenciadas, a dirigirem-se aos estabelecimentos em que os obtiveram para troca ou devolução dos valores pagos.

Tempo

Multimédia