Economia

Projecto agrícola prepara lavouras

O projecto agro-industrial de Diadia, município do Cuimba, Zaire, lavrou este ano 2.500 hectares de terra, para dedicar 1.500 ao cultivo de milho e 500 de soja, declarou ontem à Angop o director do empreendimento.

Fazenda prevê uma grande produção de cereais
Fotografia: Edições Novembro

O zimbabweano Ridgeway Nyahanana indicou que o milho, uma cultura com período de maturação de quatro meses, começou a ser semeado no princípio deste mês numa área de 500 hectares.
O cultivo de soja, um cereal com menos de um mês de maturação em relação ao milho, tem início um mês depois, para que a colheita de ambas as culturas seja feita em simultâneo.
Ridgeway Nyahanana explicou que parte considerável destes cereais se destina à produção da ração animal, que deve  alimentar cem mil galinhas dos futuros aviários em construção na fazenda que entram em funcionamento em Maio do próximo ano.
Foram construídos silos com a capacidade de 24 mil toneladas para o armazenamento de cereais e uma moagem que deve  produzir 200 toneladas de ração por mês, gerando oferta para a fazenda e outros operadores.

Tempo

Multimédia