Economia

Socamia investe 20 milhões de dólares no aumento da produção de milho

Vinte milhões de dólares é o valor investido este ano pela Fazenda Socamia, na aquisição de equipamentos agrícolas, com vista o aumento da produção de milho, informou hoje, à Angop, o delegado do grupo Castel em Angola, Philippe Frédéric.

Fazenda Socamia perspectiva dentro de dois anos, uma colheita por época de 20 mil toneladas de milho
Fotografia: DR

Localizada no município de Cangandala, a fazenda Socamia está instalada no Pólo Agro-industrial de Capanda (PAC), conta com uma área bruta de cinco mil hectares, mas apenas 800 hectares estão a ser explorados com a produção de milho em sequeiro, no qual são colhidas duas mil e 500 toneladas de milho por época.

De acordo com o delegado do grupo Castel, os 20 milhões de dólares serviram essencialmente para aquisição de 25 pivôs de irrigação, cada com capacidade para irrigar 50 hectares, oito silos com capacidade para armazenar duas mil e 500 toneladas cada e sistemas de bombagem de água, o que vai permitir aumentar de 800 hectares para mil e 35 hectares.

Por isso, disse, perspectiva-se dentro de dois anos, uma colheita por época de 20 mil toneladas de milho, fomentando assim a produção de grits (matéria-prima para a produção de cerveja) no país e consequente redução dos custos de importação.

O grupo Castel gasta, anualmente, 25 milhões de dólares na importação de 60 mil toneladas de grits, realidade que se pretende mudar, com aposta na produção de milho.

Neste capítulo, reiterou que o grupo Castel vai montar em Malanje, dentro de três anos, uma fábrica de transformação do milho em grits, com capacidade de 300 toneladas/dia.

Instalada no Pólo Agro-industrial de Capanda, a Fazenda Socamia conta com dez trabalhadores. O empreendimento tem um investimento global de 40 milhões de dólares.

Tempo

Multimédia