Economia

Sul-africanos estão à procura de distribuidores

As 20 empresas sul-africanas que participam na 34ª Feira Internacional de Luanda (FILDA 2018) manifestaram interesse em consolidar as relações comerciais, através do estabelecimento de parcerias, sobretudo no segmento da distribuição.

Fotografia: DR

Os expositores daquele país actuam nos sectores das bebidas, construção civil,  produção de calçado, equipamento para  linhas férreas, saúde e agricultura.
Entre as empresas, estão dois produtores de vinho que esperam obter contratos para vende-lo no mercado angolano, contando-se entre eles os detentores das marcas La Ric Mal e Derato Classic,  Red e Bayede, que já são comercializadas em alguns países da  África, Europa, Ásia e América.
“Procuramos em Angola,  importadores e distribuidores, para a venda do  nosso  produto”, disse Malcom Green, um dos responsáveis da House Of Ric Mal, que está no mercado sul africano desde 2005.
Em 2017, de acordo com o responsável, foram produzidos e comercializados mais  dois milhões de litros deste vinho.

Tempo

Multimédia