Economia

Sul-africanos querem produzir vinho no país

A empresa vinícola sul-africana Wosa está à procura de parcerias no sentido de produzir vinhos no mercado nacional, anunciou o gerente da firma para a região da África Austral.

Matome Mbata, que manifestou o interesse na quinta-feira em Luanda, durante uma conferência de imprensa, disse que estão abertas oportunidades de negócios com homólogos angolanos interessados em investir no sector vinícola, no sentido de instalar uma fábrica de vinhos em Angola. Os produtos da Wosa estão a ser vendidos no mercado angolano desde 2011, atingindo seis por cento do nível de partilha no mercado. A meta é obter um crescimento de 15 a 20 por cento.
Após a conferência de imprensa, a Wosa ofereceu um jantar aos presentes, onde foram apresentadas várias marcas de vinhos da África do Sul, com destaque para o “House of Mandela” e “La Ricmal”.
Enquanto isso, a Adega Mayor, marca portuguesa de vinhos representada no mercado angolano pela Angonabeiro, acaba de ser premiada com Ouro e Prata em dois dos mais prestigiados concursos de vinho a nível internacional, o “Wine Trophy e Mundus Vini”, competindo com milhares de vinhos oriundos de diversas regiões de todo o Mundo. Uma nota da empresa dá conta que a 21.ª edição do concurso “Berlin Wine Trophy”, uma das mais importantes competições de degustação de vinhos da Alemanha, que decorreu em Berlim e recebeu mais de 5.000 marcas oriundas de todo o Mundo, distinguiu o Solista Touriga Nacional com Ouro.
O “Mundus Vini 2017”, concurso de vinho de prestígio que decorreu recentemente na cidade de Neustadt, na Alemanha, reservou Ouro e Prata para distinguir três produtos da Adega Mayor: Medalha de Ouro para Pai Chão Grande Reserva 2013 e Reserva do Comendador Branco 2015, e Prata para o Reserva do Comendador Tinto 2013. “É com enorme orgulho e satisfação que vemos, uma vez mais e pela quarta vez consecutiva, os nossos vinhos serem reconhecidos em prestigiados concursos internacionais, fortalecendo a notoriedade da Adega Mayor além-fronteiras. Estamos comprometidos em continuar a desenvolver o trabalho com total dedicação, procurando sempre produzir vinhos marcantes e que vão ao encontro de diferentes paladares”, disse Rita Nabeiro.

Tempo

Multimédia