Economia

Turistas sul-africanos averbam mais entradas

Domingos Calucipa | Ondjiva

O número de turistas sul-africanos que entrou para o país pela fronteira do Cunene com a Namíbia aumentou para 1.229 em 2018, mais 615 por cento que a média anual de 200 que se registava antes dos acordos de supressão de vistos entre Angola e a África do Sul, em Dezembro de 2017.

Posto de Santa Clara cresce em importância para o turismo
Fotografia: Dombele Bernardo | Edições Novembro

Os dados fornecidos pelo Serviço de Migração e Estrangeiros (SME) no Cunene indicam que, no ano passado, entrou para Angola, pela mesma via, um total de 123.282 cidadãos estrangeiros, 121.296 dos quais são de nacionalidade namibiana, 431 zimbabweanos, 183 moçambicanos, 71 tswaneses, 69 zambianos, assim como três cabo-verdianos.
No mesmo período, o SME assinalou a saída do país de 140.211 estrangeiros, com destaque para 138.390 namibianos, 1.164 sul-africanos, 404 zimbabweanos, 115 moçambicanos, 71 tswaneses, 64 zambianos e três cabo-verdianos.
No quadro do Decreto Presidencial nº 56/18, de 20 de Fevereiro, de simplificação de vistos de turismo, foram emitidos no Posto Fronteiriço de Santa Clara 49 vistos de turismo a favor de nove cidadãos norte-americanos, oito brasileiros, dez alemães, cinco sul-coreanos, quatro britânicos, dois franceses, quatro chineses, dois portugueses e um espanhol, lituano, canadiano, checo e belga, que tiveram como principais destinos Luanda, Huíla, Benguela, Huambo e Namibe.
A nível da província do Cunene, o SME tem registados 598 cidadãos estrangeiros, sendo 395 com vistos de trabalho, 37 residentes, 26 com permanência temporária, três titulares de cartões de identidade consular, 15 refugiados, 98 requerentes de asilo, 15 condenados e cinco detidos.
Um total de 255 cidadãos estrangeiros foi expulso do país no ano passado, pela fronteira de Santa Clara, por estadia ilegal ou por cometimento de crimes diversos.
Deste número, 237 estrangeiros foram expulsos administrativamente e 18 por decisão do Tribunal Provincial do Cunene.

Tempo

Multimédia