Economia

Unicargas recupera nível dos resultados

Natacha Roberto

Os resultados da Unicargas - uma empresa pública de frete rodoviário de carga - no período de Janeiro a Julho atingiram dois mil milhões de kwanzas, declarou ontem, em Luanda, o presidente do conselho de administração da companhia.

Celso Rosas fala à imprensa depois da assembleia-geral
Fotografia: Agostinho Narciso | Edições Novembro

Celso Rosas disse ao Jornal de Angola à margem de uma assembleia-geral de trabalhadores que as operações da Unicargas incidiram, naquele período sobre a carga, descarga e armazenagem de mercadorias, com serviços prestados a 48 navios no Terminal Polivalente do Porto de Luanda, 5.800 viagens e o transporte total de 300 mil toneladas para várias localidades do país.
O presidente do conselho de administração da Unicargas avançou previsões da empresa reduzir, este ano, os prejuízos: “podemos ainda registar resultados negativos, mas muito menos em relação ao ano passado. Aos poucos estamos a reduzir o défice acumulado de anos atrás”, disse.
O responsável da Unicargas apresentou dados que apontam para a necessidade da elevação dos resultados em 12 por cento, para que a produção cubra as despesas registadas no primeiro semestre.
“Temos que reconhecer que, devido às obrigações que temos, inerentes às dívidas do passado, temos que trabalhar bastante para aumentar as nossas receitas para  corresponderem ao nível das despesas existentes”, referiu.
Celso Rosas adiantou que a empresa possui uma dívida estimada em nove mil milhões de kwanzas, a qual pretende ver reduzida com acções de melhoria no cais do Terminal Polivalente e de aumento dos meios circulantes e equipamentos.   No quadro das acções, avançou ainda a aquisição de uma frota de camiões para que a empresa se torne rentável.
Com 30 anos de existência, a Unicargas tem 733 funcionários concentrados em Luanda, Benguela, Cabinda e Moxico. A Unicargas realiza operações portuárias de carga, descarga e armazenagem de mercadorias.

Tempo

Multimédia