Gente

Adivinhe a alcunha de Odeth Tavares

A antiga guarda-redes da selecção nacional sénior feminina de andebol e do 1º de Agosto, Maria Odeth Tavares, tem uma alcunha tão confidencial,

que nem as companheiras de equipa, os fãs da atleta e os adeptos do clube militar conheciam, pelo menos até à data. Este segredo bem guardado anos a fio foi recentemente quebrado pela estrela do andebol nacional e africano no espaço Fala a Verdade, do programa Jovial Cidade da Rádio Luanda. Numa entrevista conduzida por Bismarque José e Patrícia Faria, a simpática defensora das redes da selecção nacional lá confessou que em casa chamam-lhe Kandimba. A alcunha tem origem na infância irrequieta de Maria Odeth Tavares, sempre disponível para as traquinices. Nascida a 18 de Agosto de 1976, a atleta iniciou a carreira desportiva no Nacional de Benguela em 1987. Estreou-se na selecção nacional júnior em 1994, por indicação do técnico Norberto Baptista, e chegou ao escalão máximo em 1997 pela mão do treinador Beto Ferreira.

Tempo

Multimédia