Gente

Afrikkanitha consternada com morte de Jessye Norman

Calou-se definitivamente a voz de Jessye Norman, a soprano americana. Inconformada com a notícia, a cantora Afrikkanitha fez um desabafo público.

Fotografia: DR

 Jessye Norman é considerada uma das vozes mais importantes da ópera da segunda metade do século XX. A cantora morreu aos 74 anos, devido a um choque séptico, na sequência de complicações causadas por uma lesão medular sofrida em 2015. Visivelmente consternada, Afrikkanitha publicou a seguinte nota: “Morreu, para mim, a maior soprano de todos os tempos. Como ela, só Maria Callas, com todo o respeito pelas minhas brilhantes colegas líricas pelo mundo, mas ela era apenas a minha preferida, sem desprimor por ninguém. Conheci-a aos 17 anos, por intermédio de um amigo moçambicano. Partiu a americana Jessye Norman, aos 74 anos, deixando um legado riquíssimo.”

Tempo

Multimédia