Gente

Angolana é empossada este mês Embaixadora Mundial da Juventude

A angolana Mila Malavoloneque, 25 anos, vai ser empossada esse mês Outubro no cargo de Embaixadora Mundial da Juventude 2017-2018, durante a cimeira do Congresso Mundial da Juventude em Bogotá, Colômbia.

Mila Malavoloneque
Fotografia: Cedida pela jurista

A ONG OneYoungWorld, em parceria com a Comissão Europeia é responsável pelo empossamento de Mila Malavoloneque. A jovem angolana faz parte de um leque de 80 jovens do mundo inteiro, nomeados por diferentes organizações internacionais pelo trabalho que desenvolvem nos seus países de origem e não só. A missão dos 80 jovens será incentivar e capacitar líderes jovens a desempenhar um papel activo na construção de sociedades coesas e pacíficas. Ao falar de Angola no site da organização, a jovem disse que é uma nação com problemas comuns em países que vivem a era do pós-conflito armado, citando a corrupção como uma luta constante. Jurista de formação pela Universidade de Witwatersrand na África do Sul e pós graduada em comércio marítimo pela Universidade de Kwazulu-Natal no mesmo país, a jovem começou o seu percurso profissional pelas Nações Unidas depois de recrutada num leque de milhares de jovens para um estágio em Nova Iorque tendo pós-estágio sido encaminhada para Genebra. Filha do conhecido jornalista angolano, Celso Malavoloneke, em Angola, Mila, além de trilhar os passos do pai, é empresária. Fundou a empresa Jovens da Banda, onde o foco principal é a divulgação e promoção de jovens nacionais.

Tempo

Multimédia