Gente

Angolanos e cubanos celebram Dia da Paz

A importância da ajuda prestada por Cuba a Angola na conquista da independência nacional, da paz e na preservação da integridade territorial foi destacada terça-feira, em Havana, num acto comemorativo do 15º (décimo quinto) aniversário do Dia da Paz e da Reconciliação Nacional em Angola.

A actividade contou com um espaço cultural no qual se exibiram vários grupos de dança e teatro
Fotografia: Fernando Tati

Em declarações à imprensa, o cadete Adilson André Sabalo, estudante do 4º ano do Instituto Técnico Militar “José Marti” (ITM), declarou que falar de Angola sem mencionar Cuba “seria como esquecer a história, passar por cima de muitos feitos como a batalha do Cuito Cuanavale”. “Angola-15 Anos de Paz”, “Paz, Estabilidade e Desenvolvimento” foi o lema que norteou o programa da actividade organizada conjuntamente pela Embaixada de Angola e pelo colectivo de estudantes angolanos do ITM. O acto, em que participaram diplomatas angolanos e autoridades cubanas, entre as quais representantes dos mandos dos vários ramos das Forças Armadas Revolucionárias (FAR) e o chefe da direcção de instituições docentes do Ministério das Forças Armadas, coronel Carlos Rodriguez Izada, contou com uma exposição fotográfica que retrata vários momentos da história de Angola, a exibição de um vídeo sobre o desenvolvimento do país e de peças de teatro, dança, música e poesia.

Tempo

Multimédia