Gente

As confidências de Nsoki Neto

“A música, depois das minhas filhas e da minha família, tem uma importância enorme”, desvendou a cantora Nsoki Neto, em entrevista concedida à Angop.

Fotografia: DR

A autora de “África United” e “African Sunrise” realçou que todas as suas memórias, desde a infância até hoje, envolvem música. “Todas as minhas primeiras memórias envolvem música desde muito pequena. Sempre estive envolvida nela. Na escola, sempre participei em grupos corais e teatrais que a envolviam. Comecei a aprender a tocar piano ainda criança, então, tenho uma conexão muito forte com a música”, esclareceu a cantora. Quando questionada sobre a sua indicação na lista das 100 africanas mais influentes, com menos de 40 anos, Nsoki Neto disse: “sinto que a minha carreira é curta, nem sequer canto há 10 anos, mas já aconteceram muitas coisas boas. E o facto de estar a ser incluída numa lista de jovens africanos influentes nos media e na cultura é a cereja no top do bolo. Ainda não consegui digerir bem”, disse a cantora.

Tempo

Multimédia