Gente

Cartas para Agostinho Neto

Muitas individualidades estiveram presentes no Memorial Dr. António Agostinho Neto e testemunharam na quinta-feira a sessão de lançamento e autógrafos da obra “Cartas de Maria Eugénia a Agostinho Neto”, escritora Maria Eugénia Neto.

Maria Eugénia Neto autografa para o vice-presidente do MPLA Roberto de Almeida
Fotografia: Henry Célsio |

A obra retrata os momentos passados nos anos coloniais, quando Agostinho Neto se encontrava em regime carcerário e ela recorria às cartas para lhe falar. A obra foi editada pela Fundação António Agostinho Neto e teve uma tiragem de 1000 exemplares. Para a história, fica também registado o facto de Maria Eugénia Neto ter feito a entrega ao Memorial do fato que Agostinho Neto usou durante o dia da proclamação da independência de Angola, a 11 de Novembro de 1975.

Tempo

Multimédia