Gente

Comando chega ao meio século no passo de campeão do pedal

Para os amigos é o Comando, por ter crescido robusto, distante do seu Luso natal, actualmente Luena, capital do Moxico. Em Luanda, com passagem por vários pontos de Angola, no cumprimento do serviço militar, José Barros de Oliveira Gonçalves fez-se homem.

Fotografia: Arquivo do ciclista

Subiu a pulso na vida, ao lado do malogrado empresário Valentim Amões, sem nunca perder o foco, por acreditar no trabalho como a chave do sucesso. Pela sua simplicidade, fez amigos em cada estação que visitou com o seu comboio sempre repleto de amor e carinho, para confortar o próximo. O desporto é uma paixão que não larga. No futebol destaca-se como exímio executante, mas é como gestor que pisou os campos do Girabola, enquanto vice-presidente do 1º de Maio de Benguela, experiência repetida à frente da Associação Provincial de Motocross de Luanda. Agora, com meio século de vida, celebrado sábado, Comando tem mostrado, no ciclismo, genica de atleta 20 anos mais novo. Nos Master 50, dá cartas ao serviço dos ACT. Depois do habitual treino semanal no Kilamba, familiares, colegas e amigos cantaram os parabéns ao campeão da amizade.

Tempo

Multimédia