Gente

Dog Murras explica as razões da ausência

Dog Murras foi convidado para cantar num dos eventos mais aguardados da música angolana, mas não compareceu.

Fotografia: Arquivo do Cantor

Devia ter actuado no sábado, dia 11, no Show da Dipanda 2017, cujo palco seria o Centro de Conferência de Belas (CCB), mas não se fez presente naquele que seria o regresso nestas lides de Riquinho, da Casa Blanca. Em nota, Dog Murras esclareceu o seguinte: "Infelizmente, por razões alheias à minha vontade não estarei presente nesse Show da Dipanda para partilhar o palco com alguns dos grandes nomes da raiz cultural da nossa terra. Ao Riquinho, desejo força e deixo o meu conselho para se organizar melhor, ler os sinais do tempo e entender que a época de trabalhar a “Lumbwendangue” já era. É tempo de se estruturar, programar os seus eventos a médio e longo prazos e, sobretudo, valorizar o público fiel e dar-lhe a lebre que comprou e não gato. Espero que vocês curtam a festa da nossa maneira calejada.”
O artista ia subir ao palco para cantar ao lado de artistas como Bonga, Té Macedo, Ricardo Lemvo, Waldemar Bastos, Carlos Burity e Euclides da Lomba.

Tempo

Multimédia