Gente

Dom Caetano e Legalize encantam Rio de Janeiro

A música angolana também faz parte dos Jogos Olímpicos 2016. Tudo por conta da Banda Maravilha, que decidiu juntar o útil ao agradável.

De Luanda, para Brasil, a banda levou nomes como Dom Caetano, Legalize e Kizua Gourgel, que, na cidade do Rio de Janeiro, têm feito espectáculos para a comunidade angolana residente naquele país. Fonte próxima à Banda Maravilha revelou que o músico Kizua Gourgel actuou na Praça Tereza Batista, no Pelourinho e no Centro Cultural Casa de Angola em Salvador, capital do Estado da Bahia. A Banda Maravilha e os artistas Kizua Gougel, Legalize e Dom Caetano estiveram no Brasil no quadro de um programa de divulgação da cultura angolana, com o patrocínio da Embaixada de Angola e do Consulado Geral de Angola no Rio de Janeiro.

Tempo

Multimédia